quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Yawalapiti




Etnia Yawalapiti - Família: Aruak - Localização: Mato Grosso


#NomesOutros nomes ou grafiasFamília linguísticaInformações demográficas
234Yawalapiti
Aruak
UF / PaísPopulaçãoFonte/Ano
MT156Ipeax 2011



Habitam a Terra Indígena Parque do Xingu, próximo ao Posto Leonardo. Somam 196 indígenas do tronco lingüístico Macro-Jê, da família Aruwak. Os Yawalapiti são índios pequenos e robustos, que vivem às margens de uma grande lagoa. Têm o costume de trocar utensílios com os Aweti, com os quais também trocam mulheres. Ambos vivem de pesca e caça e de roças de milho, batata-doce, cará e mandioca. Sua aldeia é asseada e eles têm aspecto saudável. Suas crianças confeccionam artesanatos desde cedo, passando as tradicões de geração para geração, sem deixar a cultura morrer. Na época da criação do Parque Indígena do Xingu, em 1961, os últimos Yawalapiti andavam dispersos por outras tribos. Os irmãos Villas Bôas reuniram 16 deles, formando uma pequena aldeia, que hoje abriga 140 indivíduos.
Festival Yawalapiti

Peixe moqueado em aldeia Yawalapiti
Os Yawalapitis ainda vivem da pesca, caça, coleta e roças. Em 1988, pela primeira vez na história, os índios do Alto Xingu encenaram na aldeia Yawalapiti uma cerimônia do Kuarup, ritual da lembrança dos mortos, para ser mostrado num filme de Ruy Guerra. Naquela ocasião, a cerimônia foi feita em homenagem ao avô de Aritana, famoso cacique Yawalapiti. Participam dos Jogos em conjunto com outros povos do Alto Xingu e se destacam na demonstração do Huka-Huka, praticado pelos Yawalapiti desde criança.


Moqueamento de peixe Yawalapiti

Yawalapiti preparando-se para o Kuarup e afinado as taquaras, instrumento de sopro feito com bambu

Nenhum comentário:

Postar um comentário